Grandes obras proporcionam mais segurança aos ciclistas de Pinhais

O município atualmente possui mais de 15 mil metros de ciclovias e ciclofaixa que interligam toda a cidade
Prefeitura de Pinhais
A bicicleta tem se firmado como um meio de transporte utilizado por muitas pessoas e pensando em atender esta demanda, a Prefeitura de Pinhais investe em ciclovias e ciclofaixa. Atualmente, o município conta com mais de 15 mil metros deste tipo de pista, espalhadas pelas principais vias da cidade.

A preocupação com o sistema cicloviário faz parte de uma realidade vivenciada especialmente nos grandes centros urbanos. Em Pinhais, município com cerca de 120 mil habitantes, não é diferente. A Prefeitura busca alternativas para oferecer uma infraestrutura adequada e adaptado o plano diretor – documento que orienta a política de desenvolvimento e de ordenamento da expansão urbana– a estas demandas. 

Com as cidades se adaptando a estas mudanças no trânsito, é necessário que todos que compartilham destes espaços respeitem as regras estabelecidas por lei e, principalmente, as que vão ao encontro do bem coletivo. “Antes de compreender e respeitar a legislação, é preciso que as pessoas tenham consciência da importância da boa convivência. Se dividimos o mesmo espaço precisamos entender que todos têm o direito de ir e vir, e, portanto, bom senso, respeito e compreensão são fundamentais”, opina a prefeita de Pinhais, Marli Paulino.

Em Pinhais, a Lei nº 1548 de julho de 2014 institui o Dia Municipal de Ir de Bike ao Trabalho, a qual incentiva a utilização da bicicleta como meio de transporte.

Entenda a diferença entre ciclovia e ciclofaixa

A ciclovia é um espaço independente para o fluxo de bicicletas, ou seja, há separação física entre os ciclistas e os demais veículos. Em Pinhais, esta separação ocorre com a instalação de meio-fio. A ciclovia é indicada para avenidas e vias expressas, para proteger o ciclista do tráfego rápido e intenso. Já as ciclofaixas consistem em faixas pintadas no chão, sem separação física. Elas estão presentes nas seguintes vias do município: 

Em seu artigo 58, o Código de Trânsito prevê que quando não há ciclovia ou ciclofaixa a via deve ser compartilhada entre veículos motorizados e bicicletas. O documento traz ainda que os veículos maiores devem prezar pela segurança dos menores, respeitando limites de distância e velocidade ao realizar a ultrapassagem, por exemplo. Cabe destacar que tanto ciclistas, quanto pedestres e motoristas devem estar atentos às sinalizações viárias, preservando a segurança de todos.


Anderson Adair Gerber pratica ciclismo há cerca de cinco anos e eventualmente utiliza a bicicleta como meio de transporte, para se descolar ao trabalho, por exemplo. “Moro em Pinhais há 22 anos e é notável a diferença na infraestrutura da cidade. Antes não existiam ciclovias e a alternativa era dividir espaço com os carros, sem contar que as ruas era cheias de buracos”, conta.

O ciclista aconselha que alguns cuidados são necessários. “É muito importante usar equipamentos de proteção, como capacete e luvas, lembrar da hidratação. Além disso, tem que prestar muita atenção ao trânsito e sinalização para nossa segurança e dos demais”, destaca. 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

(não será publicado)

* campos obrigatórios