Prefeitura de Pinhais orienta população em relação aos perigos da raiva

A Secretaria Municipal de Saúde reforça o alerta para que as pessoas que possuam animais domésticos, principalmente cães e gatos, mantenham a vacinação em dia
Prefeitura de Pinhais

A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Saúde (SEMSA), realiza uma campanha educativa que tem como temática a raiva. A iniciativa, promovida pela Unidade de Vigilância de Zoonoses, integrante da Vigilância Ambiental, procura orientar a população a respeito desta grave doença, de alta mortalidade e que pode atingir todos os mamíferos, incluindo os seres humanos, animais domésticos e silvestres.

 

O município de Pinhais nunca registrou caso de raiva humana e/ou canina, no entanto, ano passado, a Unidade de Vigilância de Zoonoses confirmou um caso de morcego infectado pelo vírus rábico. Tendo isto em vista, é importante que a população se mantenha atenta e, em caso de contato humano com morcegos, procure imediatamente uma Unidade de Saúde da Família ou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

A SEMSA reforça o alerta para que as pessoas que possuam animais domésticos, principalmente cães e gatos, mantenham a vacinação em dia. É uma segurança para toda a família e, principalmente, para o bichinho, que tem por hábito caçar.

 

Vacinação gratuita de cães e gatos

 

A Unidade de Vigilância de Zoonoses mantém um posto fixo para vacinação gratuita, de cães e gatos contra a raiva, todas as quartas-feiras das 8h às 12h, com pré-agendamento pelo telefone 3912-5396.

 

Além disso, no dia 24 de março, das 9h às 16h, será realizada uma ação de guarda responsável na Unidade de Saúde Maria Antonieta. Nesta atividade, cães e gatos com idade acima de três meses receberão gratuitamente a vacina antirrábica.

 

Morcegos

Embora possam hospedar o vírus da raiva e infectar as pessoas, todos os morcegos são extremamente importantes, pois contribuem controlando insetos, disseminando sementes e polinizando muitas espécies vegetais nos parques e praças de Pinhais. Além disso, os morcegos fazem parte da cadeia alimentar de predadores como corujas, algumas cobras e gaviões.

 

Por serem considerados animais silvestres, os morcegos não podem ser mortos ou maltratados, pois são protegidos pela Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998 – Lei de Crimes Ambientais. Todos os morcegos têm hábitos noturnos, ou seja, saem para se alimentar à noite e são raramente encontrados de dia ou no chão. Porém, quando estão infectados com o vírus da raiva, podem mudar de comportamento e voar ou serem encontrados de dia. Nunca se deve tocar em um morcego encontrado nestas condições, mesmo que esteja morto.

 

Caso encontre algum morcego caído no chão, não toque no animal, coloque um balde ou caixa de papelão com um peso em cima, retire os animais de estimação do local e solicite o auxílio dos profissionais da Vigilância Ambiental pelo telefone, para a adequada remoção do animal para diagnóstico.

 

Serviço

 

A Unidade de Vigilância de Zoonoses fica na Rua Alto Paraná, 1789, bairro Emiliano Perneta. Telefone: (41) 3912-5396 ou e-mail ambiental@pinhais.pr.gov.br 

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

(não será publicado)

* campos obrigatórios