Controladoria Geral do Município de Pinhais envia servidor para participar da 1ª Rodada do I Congresso Paranaense de Cidades Digitais, promovido pelo IBQP em Curitiba, no dia 23/05/2013.

 

@pinhaisdigital

 

A etapa de Curitiba iniciou o Ciclo de Fóruns Regionais que serão realizados no Estado e acontecerão nas Cidades de Londrina (27/06), Maringá (25/07), Foz do Iguaçu (22/08) e Ponta Grossa (26/09) e oportunizou que os Municípios da Região Metropolitana de Curitiba e do Litoral pudessem apresentar seus Projetos de Cidades Digitais.

 

“Tendo a Controladoria Geral no seu Mapa Estratégico um tema especificamente voltado à Transparência e Controle Social, foi muito importante observar neste Evento como as políticas públicas do Ministério das Comunicações voltadas ao projeto de Cidades Digitais se alinham com a busca pela melhoria da gestão pública e dos serviços prestados à população que é um dos resultados a serem alcançados com o Programa: Controle Interno e Aperfeiçoamento da Gestão, que integra o PPA 2014/2017 da Prefeitura de Pinhais”, destaca Lincoln Américo, Gerente de Planejamento, Gestão Estratégica e Qualidade.

 

Prova desse alinhamento já foi possível perceber na apresentação do Diretor do Departamento de Tecnologia da Informação, Anderson Tanck, que foi um dos Painelistas e apresentou o case da Prefeitura de Pinhais (juntamente com as Prefeituras de Piraquara, Guaratuba e Ibiporã) demonstrando como os investimentos efetuados ao longo dos últimos anos nessa área vêm permitindo ao Município se consolidar como referência para diversas Prefeituras do Paraná e até de outros Estados, tanto pela infraestrutura quanto pelo avanço no atendimento das demandas da população, citando o exemplo do trabalho da Guarda Municipal que tem uma vinculação direta com os recursos da tecnologia de informação e comunicação disponíveis atualmente, incluindo câmeras HD para monitoramento das principais ruas da cidade.

 

A participação da CGU no Evento foi outro ponto de destaque, na medida em que o Analista de Finanças e Controle, Demian Bianchi Bertozzi, a exemplo do que já tinha apresentado no I SEBE em Pinhais, realizado pela CGM em 1º/04; demonstrou que o Programa Brasil Transparente do Governo Federal tem por objeto o apoio à implementação da Lei de Acesso à Informação e a conjugação de esforços para o incremento da transparência pública e adoção de medidas de governo aberto, o que se vincula perfeitamente ao propósito das iniciativas voltadas ao desenvolvimento das Cidades Digitais.

 

Além de orientação quanto às medidas previstas na Lei de Acesso à Informação, o Programa Brasil Transparente disponibiliza ainda, aos entes interessados, o código-fonte do sistema informatizado e-SIC (utilizado pelo governo federal para receber pedidos de informação), materiais técnicos e capacitação de agentes públicos, bastando para isso o Município assinar o Termo de Adesão ao Programa, a exemplo dos 47 Prefeitos que aderiram ao Programa no “Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas”, realizado em Pinhais no último dia 17/05.

 

Seguindo a mesma linha de raciocínio da Lygia Pupatto, Secretária de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, que apresentou pela manhã os requisitos para se desenvolver um Projeto de Cidade Digital; o BNDES coroou o Evento ao expor no período da tarde as linhas de financiamento disponíveis aos Municípios, lembrando que os Projetos de Cidades Digitais não podem ter como premissa somente a disponibilização do acesso gratuito à internet para a população, mas precisam ser estruturados como Projetos de Modernização da Gestão Municipal, se os Municípios quiserem receber recursos do PMAT.

 

Publicado em 14/08/2013

 

 

Compartilhe:

Galeria de fotos:

Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1Gallery Thumb 1