A ocupação do Planalto Curitibano, em fins do século XVII, ensejou a formação de alguns povoados. O de maior expressão foi o que originou a Vila Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba. Outros posteriormente originaram a Vila de São José dos Pinhais e a Vila Nova do Príncipe (atual município da Lapa).

A região que hoje é ocupada pelo município de Pinhais pertencia, nessa época, ao território de Curitiba.

As delimitações de Curitiba se estendiam, a leste, até a serra de Paranapiacaba, ocupando assim quase todo espaço da atual região metropolitano da capital paranaense. Essa grande extensão de terras continuou pertencendo ao município até meados do século XIX, quando foram criados novos municípios. A área de Pinhais pertenceu ao território de Curitiba até fins do século XIX.

No ano de 1890, uma parte do território de Curitiba foi desmembrada, passando a constituir o município de Colombo. A região que comportava Pinhais estava inserida nessa área desmembrada, o que significa que Pinhais passou assim a pertencer, administrativa e politicamente, a Colombo. Isso pode ser comprovado pelo decreto nº71 de 31 de janeiro de 1890, que fixou os limites do novo município.

No início da década de 1930 foi implantado o sistema de interventorias nos estados brasileiros, dando início a uma fase de centralismo, que se estendeu até o fim do Estado Novo. O Paraná passou a ser administrado pelo interventor Manoel Ribas. O então interventor promoveu mudanças de cunho político-administrativo, interferindo inclusive na delimitação geográfica de vários municípios do estado. Dentro desse processo, no ano de 1932, o território onde se situa Pinhais passou a pertencer ao município de Piraquara, no mesmo momento em que o município de Colombo foi extinto (seu território foi reanexado ao de Curitiba, sendo recriado mais tarde). O município de Piraquara havia sido desmembrado de São José dos Pinhais na mesma época em que a área de Colombo foi desmembrada de Curitiba. O decreto 2505 de 27 de outubro de 1932, fixou os novos limites de Piraquara, anexando o território de Pinhais.

Com o crescimento do povoado de Pinhais a partir da década de 1960, a comunidade começou a reivindicar a instalação de serviços públicos locais. Paralelamente, começaram a ser eleitos os primeiros representantes pinhaenses que ingressaram na ordem política do município de Piraquara. Devido à importância e a participação que o povoado conquistou no cenário político municipal, Pinhais foi elevado à categoria de Distrito em 21 de Novembro de 1964.

Nos anos 70 e 80, o distrito recebeu um enorme contingente populacional, acarretando, assim, demandas em vários setores. A implantação de uma infra-estrutura que suprisse as necessidades da população exigiu a organização e o gerenciamento de um poder público local.

Dessa forma, no final do ano de 1991 foi realizado um plebiscito para verificar o interesse da população de Pinhais pela implantação de um poder executivo e legislativo local. Essa consulta apurou um alto índice de aprovação da emancipação política, cerca de 20.456 de um total de 23.310 participantes (87% de aprovação).

Atendendo a essa solicitação dos moradores do Distrito, o Deputado Estadual Aníbal Khury (então presidente da Assembléia Legislativa do Paraná), determinando a criação do município de Pinhais, sendo o seu território desmembrado do de Piraquara. O município de Pinhais foi oficial e solenemente instalado no dia 20 de março do ano de 1992. A partir de então, essa data passou para o calendário festivo da população pinhaense. Após a criação do município de Pinhais, a população local passou a contar com melhor assistência político-administrativa. As questões que afligiam os moradores passaram a ser canalizadas e atendidas por seus legítimos representantes.

Em 1993, com o estabelecimento do poder público local, o executivo começou a estabelecer metas de desenvolvimento para o município através das suas secretarias. As questões de saúde, educação, cultura, esporte, turismo, meio-ambiente, assistência social, segurança pública, infra-estrutura, planejamento urbano e desenvolvimento econômico foram sendo discutidas em conjunto.

A organização e implementação das ações e projetos que iriam, a partir de então, moldar a fisionomia da cidade, começaram a ser encaminhadas de forma direta, aos organismos competentes para propor e agir na cidade, aos quais a população passou a ter acesso.

O primeiro prefeito de Pinhais foi o senhor João Batista Costa, que assumiu a prefeitura em 01 de janeiro de 1993. Costa administrou o município até 1997. O segundo prefeito de Pinhais foi Siegfried "Zico" Böving que conduziu até o ano de 2000. Após, assumiu a prefeitura Luis Cassiano de Castro Fernandes até o ano de 2006. Nos anos de 2006 a 2008 o Prefeito foi Mário Bonaldo. Luiz Goularte Alves (Luizão) conduziu a prefeitura durante dois mandatos. (2008-2012 e 2013 a 2016). Atualmente a prefeita é Marli Paulino, que assumiu em janeiro de 2017.

Compartilhe: